CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Douglas Q. Stemback
Respeito a maior sabedoria humana. Débora Damasceno
Textos


Morrendo em si mesmo

Prefiro a solidão dentro do meu ser
Descobrir a inexistência do viver
Imagino que viver não é, e sim ser.

Como prefiro correr da minha alma
Não quero ter a vida da minha existência
Morrendo dentro da minha alma.

Quero a tristeza na minha vida
Ela sim é real, a alegria
Não existe mais na pessoa morta.

Morrendo em si mesmo
É ser desiludido
Crer que não exista o te amo.

Quem poderá me ressuscitar?
O que morreu em meu amar?
Prefiro ter na vida em o amor acertar.

Mas, como acertar o que perdi?
Como viver amando que já me esqueci?
Minhas mãos estendidas a ti.

A quem? Não sei!
A quem? Não pedi!
A quem? Não me surpreendi!

A morte e a vida
É igual para o que ama
Eu só quero ser feliz com aquela que ama.
Douglas Q Stemback
Enviado por Douglas Q Stemback em 15/06/2017
Alterado em 15/06/2017

Música: A stroke in the heart - Maria Luiza

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários