CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Douglas Q. Stemback
Respeito a maior sabedoria humana. Débora Damasceno
Textos


Leite de uma mãe

Tendo visto o mundo dividido
Em intolerância e racismo
Tudo se torna dividido
O número dois é criado para não ser único.

Poucos desistem da intolerância
E, absorvem o ódio pelo ódio na pessoa
Queremos paz e um único olhar a uma pessoa
Que pode ser apenas humana.

Mas, não existe apenas raça
Estes a subdividem a raça
Não existe raça e, sim humanidade que procura
Paz, igualdade, fraternidade e esperança.

Existes cores, traços e caraterísticas diferentes
Uns demonstram suas diferenças das negritudes
Uns demonstram suas diferenças sendo Asiáticos, Indígenas e tantas diferentes
Mas, na verdade só há uma cor nos sangues e nos leites.

Somos apenas humanos
Para a vida dentro destes corpos
É preciso destruir os preconceitos
E, construir pontes de relacionamentos.

O leite de uma mãe latina é branco
O leite de uma mãe indígena é branco
O leite de uma mãe africana é branco
O leite de uma mãe de qualquer lugar é branco.

Como o sangue do pobre é vermelho
Como o sangue do rico é vermelho
Como o sangue do estrangeiro é vermelho
Como o sangue do refugiado é vermelho.

Entender isto é liberdade
Entender isto é igualdade
Entender isto é fraternidade
Entender isto é ter esperança nesta humanidade.
Douglas Q Stemback
Enviado por Douglas Q Stemback em 15/06/2017

Música: Lord Don't Move The Mountain - Mahalia Jackson

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários