CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Douglas Q. Stemback
Respeito a maior sabedoria humana. Débora Damasceno
Textos


Pensando no amor

Não sei como expressar
Tudo que alvitrei em meu pensar.
Olhando de uma ponte o amar
E, fiquei como um garoto querendo pôr na xícara o mar.

Entender o amor é como crer no ar
Mas, como ver este ar?
Não se vê, apenas sente o ar!
Mas, é ele que nos faz respirar.

O amor é isto, incompreensível
Este sentimento está por trás do véu
Não escondido ao ser humano, contudo, intangível
Poder-se-ia afirmar que se sente o que é amável?

Só sentimos, mas não há como definir
Pois existe a barreira da verdade e preferimos mentir
Ser queimado pelo amor ou viver e ir
Viver e ir! É a escolha em segurança se sentir.

Pode aprender a amar?
Não, o amor não se aprende, apenas o gostar
Amar é fogo em restolho que está a secar
Amar é sentir a dor por não receber do outro o amar.

Céus e terras já testificaram grandes amores
Mas, estes amores sempre foram provados e aprovados por grandes horrores
Não houve dúvida se iriam permanecer tais amores
A vida é a grandeza destes amores e não dos desamores.

O amor é o sentimento mais sublime!
O amor é o sentimento mais humilde!
O amor é o sentimento de mais luminosidade!
O amor é o sentimento que não provoca indignidade!

Amar é não fazer o próximo sofrer
Não levar à morte qualquer ser
Trazido o amar tem de haver renascer
Não haverá o morrer.

O amor é maior que tudo
Logo, é ele que sustenta o moribundo
Traz alento ao ferido
E, conforta o cansado.

O antônimo não é amor
Viver provocando dor
Trazendo o sofrer, não é o amor
Poderá ser qualquer coisa, menos o amor.
Douglas Q Stemback
Enviado por Douglas Q Stemback em 18/06/2017
Alterado em 18/06/2017

Música: Brian Crain - Song of the Heart

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários